Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Vão limpar Portugal

Kruzes Kanhoto, 19.03.12

A iniciativa “Vamos limpar Portugal” está de volta. Aquela em queuma quantidade de gente se junta para alegremente recolher o lixo que unsquantos javardolas abandonam nos locais mais inapropriados. Nada de confusõescom a limpeza que uma certa maralha anda, já lá vão uns séculos, a fazer aopaís. Com uma eficiência notável, diga-se. Mas, escrevinhava eu, o pessoal bem-intencionadoque faz agora dois anos andou a recolher o lixo, que outros deliberadamenteespalharam, está de volta e tenciona recolher mais umas toneladas de resíduos detoda a espécie.
Trata-se, como é fácil constatar de um trabalho inglório. Admitoque os muitos voluntários que no próximo sábado se vão dedicar a estaactividade o façam imbuídos de um invulgar espírito de cidadania. Incontáveis furosacima do meu, concedo facilmente. Ou, hipótese não negligenciável, não tem nadade mais interessante para fazer. Nem menos, talvez. Trata-se, em qualquer doscasos, de trabalhar para aquecer. Basta atentar como ficaram, pouco tempodepois, os espaços que foram limpos na anterior edição desta iniciativa.
Criaturas que deviam ter vivido no tempo em que o homem ainda habitavaem cavernas e que, com o seu negligente estilo de vida, provocam autênticaslixeiras como a que a imagem documenta e que pode ser observada junto àsmuralhas da cidade, não merecem que outros sujem as mãos por eles. A menos quea ideia passe por proporcionar aos que sujaram agradáveis momentos de diversão.Ver uns quantos papalvos recolher o lixo que eles espalharam deve ser, cálculo,motivo de divertimento.
O mesmo cenário desolador, no que diz respeito à profusão da maisvariada porcaria,  pode ser encontradonoutros locais. Como as Quintinhas, por exemplo. Embora aí a limpeza, ainda quede outro género, apresente elevados índices de eficácia. Veja-se a vedaçãometálica do terreno contíguo. Foi limpa num ápice…  

2 comentários

Comentar post