Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Usem a faixa da esquerda, porra! (III)

Kruzes Kanhoto, 04.06.24

Também fora das cidades, ainda que no perímetro urbano, se multiplicam as vias com quatro faixas. Duas em cada sentido. O que, como é óbvio, não tem mal nenhum. Construtora que faz duas, faz quatro. Até porque o terreno já ali está e nunca se sabe o trânsito, ou os condutores, que o futuro nos traz. Os do presente não querem saber disso. Um deles seguiu-me numa dessas vias, sem ultrapassar, pelo menos umas boas centenas de metros. Quando, já exasperado com a minha lentidão, resolveu finalmente dar uso à faixa da esquerda – completamente disponível e sem utilizadores em todo o espaço livre e visível – buzinou furiosamente no momento da ultrapassagem. E é aqui que não me contenho. Já irritado com os outros, que uns minutos antes dentro da cidade me tinham “perseguido”, colei a buzina e, de janela aberta, vociferei mais insultos do que o capitão Haddock num livro inteiro do Tintim. Acho que o tipo, a julgar pelo sinal dos travões, ainda pensou em parar à minha frente. Lamentavelmente não o fez. Podia-me ter ajudado com o maldito GPS ou explicar-me como chegar ao destino. Eu, em contrapartida, ensinava-lhe como circular numa via daquela natureza.

5 comentários

Comentar post