Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Erva em demasia...

Kruzes Kanhoto, 30.12.17

Aquele grupo de pessoas que só quer o nosso bem – governo ou lá como se convencionou chamar – já decidiu o que podemos ou não comer nos bares, cafetarias e similares dos estabelecimentos de saúde. Por enquanto ficam-se por aqui. Mas, não tarda, a obrigação há-de estender-se aos restaurantes e, um dia, às nossas casas. Tentativas disso são já conhecidas algumas. Outras, certamente, se seguirão.

Vá lá que ainda não foi desta que limitaram a oferta alimentar destes estabelecimentos à comida vegetariana. Fica, certamente, para a próxima. Por enquanto ficam-se pela recomendação do consumo de carnes brancas acompanhadas de uma salada de alface, tomate ou cenoura ralada. Para beber aconselham uma infusão de ervas. Sem açúcar. Só podia. Esta gente tem uma fixação pela erva...


Devem ser bipolares, ou lá o que se chama essa doença...

Kruzes Kanhoto, 15.12.16

thumb_21436.jpg

 

Os portugueses estão cada vez mais tolerantes. Mais moles, como diria essa santa senhora que era a minha avó. Alguns evidenciam até um grau de moleza que é manifestamente preocupante. Estou a lembrar-me, assim de repente porque podia citar muitos mais, o camarada Jerónimo e a Catarina de olhar alucinado. Nenhum deles manifestou com veemência – nem sem ela, que tenha dado conta – a sua indignação por, segundo a bastonária dos enfermeiros, durante dois dias os doentes internados num determinado hospital não terem sido alimentados ou medicados. Nem, sequer, pediram a demissão do ministro da saúde. Ou, pelo menos, o acusaram de ser o coveiro do SNS. Tudo coisas - e muitíssimo mais – que fariam até um ano atrás por problemas muito menos importantes. Deu-lhes a moleza, é o que é. E, bem assim, aos apoiantes da geringonça que, nestas e noutras em que a actual governação é perita, se calam que nem ratos. Ou, então, o seu grau de exigência limita-se a “desde que não estejam lá os outros”. Brilhante.