Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

No passarán!

Kruzes Kanhoto, 15.07.21

fidel_castro_cuba_salud_hambre_pobreza_socialismo_

Os fascistas estão por todos o lado, os patifes. Até nos lugares mais improváveis. Como Cuba, por exemplo. Aquilo, diz, são manifestações de fachos por toda a ilha. Parece que querem acabar com a revolução popular que proporcionou ao povo cubano uma qualidade de vida difícil de encontrar noutras paragens onde os trabalhadores e o povo ainda não se libertaram do jugo capitalista. Maravilhas que, comprovadamente, são testemunhadas pelos muitos milhares de americanos que todos os anos arriscam a vida para, a partir da Flórida, chegar à ilha do camarada Fidel.

Mas o povo armado – em parvo – está vigilante. Nomeadamente a policia e as milícias populares de proletários, camponeses e intelectuais da mais brilhante intelectualidade. Todos juntos partirão os dentes à reacção. O que, assim de repente e de uma assentada, resolverá os três únicos problemas de Cuba. O pequeno-almoço, o almoço e o jantar.

Sim, o PCP apoia, sustenta e é solidariamente responsável pelo governo

Kruzes Kanhoto, 04.12.16

perola-comunistafeliz.jpg

Imagem obtida aqui

 

Percebo o embaraço do partido comunista quando confrontado com o apoio claro, inequívoco e empenhado que presta ao governo. É tramado estar de alma e coração com um executivo que gosta da união europeia, aprecia o euro e faz questão de, mesmo concordando pouco com elas, respeitar as regras europeias quanto à disciplina orçamental. Daí que os comunistas se esforcem por garantir o contrário. Tanto que até chega a ser ridículo. Não vale a pena. Não se cansem. A malta compreende o vosso drama. E, descansem, isto de estar de acordo e simultaneamente de opinião contrária em relação às políticas do Costa, não será coisa para colocar em causa a tão enaltecida coerência comunista. Se andar dezenas de anos a chamar “ilha da liberdade” a Cuba não colocou, não vai ser agora isso de fazerem parte da geringonça que manchará a reputação. 

Congresso do PCP

Kruzes Kanhoto, 02.12.16

transferir.jpg

Esta manhã, no congresso do PCP, centenas de camaradas gritavam em uníssono e a plenos pulmões: “Cuba vencerá!”, “Cuba vencerá!”. Tantas vezes repetiram que, até eu que sou um céptico relativamente a bitaites alheios, fiquei convencido perante tanta convicção. Mas foi por pouco tempo. Depressa constatei que toda aquela malta estava redondamente enganada. Por isso apostei no México. Cuba nem sequer joga hoje.