Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Censurar a censura

por Kruzes Kanhoto, em 13.11.16

a40f6c869a603ac4070442f13f738dac.jpg

 

Parece que a culpa – desde a eleição do Trump à generalizada ascensão da direita na Europa – é das redes sociais. É o que dá qualquer um desatar a comentar noticias, publicar opiniões e escrever disparates diversos no Facebook, nos blogues, no Twitter, no Instagram e onde mais lhe aprouver. Coisa que, como sempre aconteceu, apenas devia estar reservada aos jornalistas e comentadores devidamente encartados. Eles é que sabem opinar sensatamente. Eles é que sabem o que é bom para povos, os países e o progresso civilizacional.

A discussão acerca do tema ainda mal começou mas, a julgar por aquilo que nos últimos dias se tem dito e escrito, não tardará a generalizar-se. A censura vem aí. Em nome da liberdade, dizem eles. Por enquanto têm-se limitado a controlar a informação. Filtram as noticias. Esforçam-se por moldar a opinião das massas à sua visão do mundo. Boicotam quem diverge. Escondem aquilo que não lhes convém que as pessoas saibam. Manipulam-nos, em suma. A chatice é que o mundo mudou. E o conhecimento que temos dele, também. Isso do “sol na terra” e dos “amanhãs que cantam” passou à história e não volta mais. Habituem-se!

Compartilhar no WhatsApp

Sim, as vacas voam. E os crocodilos também.

por Kruzes Kanhoto, em 29.05.16

croco.jpg

 

Se lá para as terras dos amanhãs que cantam os crocodilos voavam não estou a ver razão nenhuma para duvidar que, por cá, as vacas possam esvoaçar. Principalmente quando os que agora acreditam nas capacidades voadoras do gado ovino são os mesmo que se babavam com as acrobacias aéreas daqueles répteis.

Não me aborrece que acreditem nessa possibilidade. Da palha que lhe põem na manjedoura cada um come a que quer. O que me incomoda é, por falar em coisas que esvoaçam, quererem fazer o ninho atrás da minha orelha. Não gosto. É, por assim dizer, algo que me chateia.

A corja que tomou o poder e os seus sequazes insistem em fazer de nós parvos. A julgar pelo que vou lendo admito que possam ter sucesso. Pelo menos enquanto a maioria for comendo a ração que lhes deitam na gamela eles podem ir colocando em prática o plano V. A Venuelização do país.

Compartilhar no WhatsApp