Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

São indignos, sim.

Kruzes Kanhoto, 06.06.21

Não sou grande admirador do actual sumo pontífice. Gosto, no entanto, da sua faceta de desbocado. Como agora que, sem grandes rodeios, não esteve com mais aquelas e disse o que qualquer pessoa normal pensa mas tem medo de o afirmar em voz alta não vá ser considerada racista ou lhe seja feita outra qualquer acusação da moda. De facto quem não trabalha não é digno. E não vale a pena, como já li nuns quantos comentários a estas declarações, vir falar de reformados, doentes e afins. O homem referiu-se aos que têm como projecto de vida viver sem trabalhar e, por consequência, subsistir à custa dos que trabalham. Que isto, como muito bem diz o Bloco de Esquerda num cartaz que por aí circula, o dinheiro não cai do céu.

Por cá há muito disso. Gente que não é digna. Ou, então, existem demasiados padeiros. Trabalham de noite e têm o dia todo para estar na esplanada, com o rego do cú à mostra, a evidenciar indignidade.

5 comentários

Comentar post