Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Sai um pastel de...qualquer coisa!

por Kruzes Kanhoto, em 24.05.10
A Deco andou por aí a investigar pastéis de bacalhau e rissóis de camarão. Daqueles ultra-congelados que se vendem nos supermercados, e outras superfícies comerciais, que constituem um dos alimentos preferidos das donas de casa pouco dotadas na arte de bem confeccionar refeições decentes. Fez, aquela associação de defesa dos consumidores, muito bem. Afinal, segundo o que os resultados da investigação acabaram por revelar, os ditos pastéis do fiel amigo tinham muito pouco e os rissóis de camarão quase nada. As surpresas não ficaram, no entanto, por aqui. Pior do que aquilo que não tinham e deviam ter é que tinham aquilo que não deviam ter. Terá sido, a serem verdadeiras as conclusões, encontrada em algumas embalagens uma quantidade significativa de bactérias de nome esquisito que também habitam, entre outros locais, no nariz de um vulgar – não necessariamente pouco asseado – ser humano. Macacos, portanto. 
Não sei se a segurança alimentar dos portugueses está ou não garantida, mas noticias como esta não são de maneira nenhuma tranquilizadoras. Até porque o mundo mudou – e não foi apenas nas últimas três semanas – pelo que hoje poucos concordarão com aquela velha máxima de outros tempos que garante que tudo “o que não mata engorda”.
Compartilhar no WhatsApp

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.