Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Retoma?! Vamos lá acabar com essa parvoíce!

por Kruzes Kanhoto, em 14.08.13
Osindicadores divulgados hoje relativamente ao desempenho da economianacional constituem, aparentemente, boas noticias. Ainda que alguns,os da oposição as não apreciem nesta fase do campeonato e os dasituação se preparem para apagar qualquer luz que pareça estar aacender no fundo do túnel.
Dizer,como ouvi a alguns opositores ao governo, que a retoma se deve aochumbo dos cortes dos subsídios pelo Tribunal Constitucional é,para não escrever outra coisa, assim a atirar para o parvo. Osvalores repostos aos funcionários públicos foram comidos pelosimpostos e os outros, os do sector privado, viram os ordenadosreduzidos por causa do enorme aumento da tributação fiscal de quepoucos parecem lembrar-se.
Jádo lado do governo a vontade de continuar a escavar – nunca penseicitar o outro – mantém-se. Se a coisa está a recuperar então ésinal de que podemos carregar ainda mais na austeridade. Deve ser,presumo, a ideia que percorre as mentes iluminadas de governantes econselheiros especialistas que os rodeiam. Só isso pode explicar asmais recentes intenções da peste laranja que assola o país.
Pormim não sei se isto se assemelha a alguma espécie de retoma. O maiscerto é termos caído tanto que começa já a ser difícil ir maispara baixo. Mas talvez consigamos, ainda, ir mais fundo. Vontade queisso aconteça não falta a uns e ausência de jeito para nos trazerà tona sobeja a outros. 
Compartilhar no WhatsApp

6 comentários

Comentar post