Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Reduflação

Kruzes Kanhoto, 24.05.22

Diz que estamos a voltar a padecer de uma maleita social que andou desaparecida durante decadas. A r. Uma artimanha que consiste na redução da quantidade de certo produto sem diminuir o preço. Uma prática que não é ilegal, já avisaram os especialistas na especialidade, se o peso ou as medidas do produto corresponderem ao anunciado na embalagem. Nada de novo, a bem-dizer. Sou do tempo em que o “pão de quilo”, por não poderem aumentar o preço, passou a ter oitocentas gramas e o pagode, só para chatear e não ser levado por parvo, passou a pedir “um quilo de pão”. Durante um tempo um ou outro vendedor menos manhoso cedeu ao pedido do “contrapeso”, mas isso caiu em desuso e hoje, desconfio, se um panito pesar setecentas gramas já vamos com sorte.

Os donuts são outro bom exemplo. Aquilo do buraco no meio não está ali por acaso. Mas a solução não está em legislar sobre embalagens, pesos ou medidas nem em fixar preços. Isso, mais cedo do que tarde, dá sempre muito mau resultado. Sempre assim foi e sempre assim será. O mal menor será deixar funcionar o mercado. Gostemos ou não, esta problemática não tem solucionática.

6 comentários

Comentar post