Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Perplexidades

Kruzes Kanhoto, 07.01.20

Diz que sua excelência o senhor Presidente da Republica está perplexo com a perplexidade gerada pelo aumento de vencimentos dos magistrados. Tem razão, o homem. Não há, de facto, motivo para espanto. Já estamos habituados. As elites tratam de si. Cuidam uns dos outros. Ou, como diria a minha avó, uma mão lava a outra.

O que também não me causa perplexidade nenhuma é a noticia de que os portugueses esturraram mais dinheiro do que nunca nas compras de Natal. Fizeram muitíssimo bem. Isto há que dinamizar a economia. E depois ninguém sabe o dia de amanhã. Portanto o melhor é gastar tudo o que se pode - e o que não pode, até - não vá, um dia destes, um Passos Coelho qualquer voltar a desgraçar a vida às pessoas.

2 comentários

Comentar post