Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Pérolas a porcos

Kruzes Kanhoto, 30.01.13

Num momentoparticularmente difícil é absolutamente assombroso e constitui para mim ummistério, para o qual não encontro explicação racional, que umas quantaspessoas – muito mais do que é suposto ser o número natural de malucos – sepreocupem com assuntos sem importância nenhuma e que no campo das ralações deveriamestar, numa escala de zero a cem, no lugar cento e cinquenta.
Vem isto a propósito desucessivas ondas de indignação causadas por assuntos menores normalmenteenvolvendo animais. Primeiro contra a decisão de abater o cão que matou umacriança. A causa motivou um apreciável número de palermas, meteu as habituaispetições e envolveu até figuras públicas na discussão quanto à necessidade depreservar a vida do bicho. Depois, serenada a anterior, uma nova polémicasurgiu motivada por um vídeo onde é possível vislumbrar um militar da GNR a pontapearum porco que teimava em não abandonar o asfalto, na sequência do tombo docamião onde era transportado. Agressão que deixou à beira de um ataque denervos os sensíveis frequentadores do facebook, que não tardaram a espalharpelos seus amiguinhos  as imagens dabrutalidade policial.
Está tudo parvo. Só pode.Esta gentalha parece não ter mais nada com que se preocupar. Podiam, digo eu,horrorizar-se com coisas um bocadinho mais importantes. Assim, sei lá, aausência de paz no mundo, as criancinhas com fome, a extinção do lince naMalcata ou outra causa igualmente nobre. Como a crise do Sporting, por exemplo.Sim, porque convém não elevar muito a expectativas quanto ao nível de problemasque podem interessar a esse pessoal. E depois ainda criticam a jove da mala channel… É pá vão-se mazécatar, ou o camandro!

3 comentários

Comentar post