Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Para quando o festival da queca?

por Kruzes Kanhoto, em 26.05.19

A imaginação dos mestres de cerimónia das autarquias não conhece limites. Fazem feiras, festivais e eventos diversos dedicados a tudo. Desde o salpicão à couve-lombarda, da lagartixa tricolor à minhoca anã ou do triciclo ao skate voador. Fica a ideia, se é que ainda não existe nada que envolva alguma destas cenas.

Mas apesar da fértil imaginação que evidenciam, levam o tempo a imitar-se uns aos outros, os mestres de cerimónia. Basta olhar para a proliferação de feiras do queijo, do vinho ou medievais. Eventos desta última natureza, então, tornaram-se uma praga. Com as naturais vantagens que daí advêm para os profissionais desta farsa. Que, naturalmente, trataram de se multiplicar e, mais naturalmente ainda, ir ganhando “o seu” à conta dos patetas que vão alinhando no esquema.

A última novidade no ramo é a “Feira do animal”. Já se realizam, pelo menos, em Oeiras e Santarém e, não tarda, a coisa generaliza-se. É só um desocupado qualquer, em cada autarquia, lembrar-se disso. Será só mais um evento para esturrar o dinheiro que não lhes custa a ganhar. Com tanta imaginação à solta, relativamente a isto dos eventos, o que me surpreende mesmo é que ainda não se tenham lembrado de organizar um festival da queca...

Compartilhar no WhatsApp

4 comentários

Comentar post