Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

O Zé, afinal, não faz falta

Kruzes Kanhoto, 26.11.08

O Bloco de Esquerda retirou a confiança política no seu único vereador na Câmara de Lisboa. Alega que José Sá Fernandes, o tal Zé que fazia falta, não passa cavaco ao partido e se está perfeitamente nas tintas para aquilo que o Bloco entende deve ser a politica a seguir pela edilidade da capital. Nada de estranho, se atendermos que todos os partidos, alguma vez em algum lugar, já passaram pelo mesmo.

A retórica do vereador em causa, quando instado a pronunciar-se acerca desta situação, é a mesma que todos usam nestas circunstâncias. E noutras, também. Entre os lugares comuns do costume sobressai o inevitável “Lisboa está acima do Bloco...”. Este desprendimento em relação a outras causas e a devoção - sempre presentes no discurso dos políticos - ao interesse das suas terras, no caso dos autarcas, ou ao interesse nacional no caso dos governantes, são comoventes. De ir às lágrimas, até. De riso, claro.

3 comentários

Comentar post