Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

O direito a discordar

Kruzes Kanhoto, 22.05.21

Parece-me absolutamente normal, diria até salutar, que acerca do mesmo assunto existam pontos de vista diferentes. Não temos todos de pensar da mesma maneira e, acho eu, ninguém têm o direito de estereotipar os outros apenas por discordarem da sua opinião. Mas, infelizmente, é o que mais se vê. Parece mesmo que é proibido pensar diferente daquilo que é o pensamento politicamente correcto ou que nos é impingido pelos média.

Isto a propósito, desta vez, pelo estranho unanimismo que por aí vai relativamente ao conflito israelo-palestiniano ou à chamada crise dos migrantes. Por mim, ao contrário de quase toda a gente, na briga entre judeus e mouros estou do lado dos primeiros. Por muitas razões. Uma delas é que nem mesmo os que apoiam os palestinianos apreciariam ser governados pelo Hamas ou por qualquer outro governo de "mofamas". Embora alguns, se calhar, até merecessem passar por essa experiência.

Também naquilo a que chamam crise dos migrantes não tenho nenhuma dúvida em escolher um lado. Por mais que lamente as provações que levam essa gente a arriscar a pele para chegar à Europa, preocupam-me muito mais os que ficam sem emprego, sem os negócios e com as vidas viradas do avesso nas terras que são invadidas por essas hordas de migrantes. Como, por exemplo, acontece na Turquia e nas zonas costeiras do sul da Grécia, Espanha, França e Itália. Mas desses ninguém fala nem manifesta qualquer sinal de preocupação. E isso sim, é que é preocupante. Já dizia a minha avó que quem não é para os seus...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.