Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Nem com passadeira lá vamos!

por Kruzes Kanhoto, em 22.06.13
Adeposição em aterro do lixo que produzimos custa anualmente aoscofres dos municípios muitos milhões de euros. Esta factura podiaser significativamente reduzida se, em lugar de jogar tudo para ocontentor, fosse feita por cada um de nós uma adequada separaçãodos resíduos domésticos. Ou seja, sempre que um material reciclávelnão é depositado num ecoponto estamos todos a pagar por isso. Daía importância de estender a passadeira à reciclagem. Que é comoquem diz à poupança.
Masestas coisas interessam muito pouco a eleitos e eleitores. A uns nãodão votos e a outros – pensam eles – não custa dinheiro. Importante mesmo é lamentar que não nos deixem continuar a fazer avidinha de sempre. Que, achamos nós, alguém há-de continuar apagar. 
Compartilhar no WhatsApp

2 comentários

Comentar post