Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Não suporto piquetes de greve. Seja lá isso o que for.

por Kruzes Kanhoto, em 28.06.13
Nuncapercebi muito bem a legitimidade – e sublinho legitimidade - de umpiquete de greve. Que é o que chamam a um grupo de gajos - porvezes também há gajas – estrategicamente colocados à entrada deuma fábrica, estaleiro ou seja lá o que for. Nem, sequer, entendo apermissividade e a tolerância com que são tratados por quem temcomo obrigação manter a ordem e assegurar a liberdade de circulaçãodaqueles que, mesmo em dia de greve, pretendem trabalhar.
Temesta malta – a dos tais piquetes – a intenção de intimidaraqueles que escolheram outra opção. Coisa que a mim, mas se calharé algum problema meu, parece muito pouco coincidente com o conceitode democracia e nada respeitadora dos princípios da livre escolha emque assenta a sociedade em que todos – ou, pelo menos, a esmagadoramaioria – pretende viver. Verdade que o pessoal dos piquetes é,também ele, livre de escolher as suas opções. Mas, que é quequerem, faz-meespécie que não optem por aproveitar o dia de grevepara ficar na cama até mais tarde em lugar de ir aborrecer quemapenas quer trabalhar.
Apatética tentativa de evitar a saída de autocarros da carris, quepode ser apreciado num vídeo amplamente divulgado na net, é pordemais evidente que era na caminha que deviam estar os elementos dopiquete de greve. Uns quantos deitaram-se no chão, provavelmentecheios de sono, e necessitaram mesmo da ajuda dos agentes daautoridade para se levantar. Outros perguntavam insistentemente,enquanto a policia os afastava para abrir caminho à passagem dosautocarros, porque é que os estavam a empurrar. Era, digo eu, paranão serem atropelados. Ou então porque não saíram quando osagentes amavelmente lhes solicitaram que evacuassem a área. 
Compartilhar no WhatsApp

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.