Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Não será altura de começar a cortar os pintelhos?

Kruzes Kanhoto, 22.10.11
Os subsídios de alojamento que alguns políticos auferempelo facto de estarem deslocados da sua residência habitual poderão não passarde pintelhos. Mesmo quando vivem num alojamento perto do local de "trabalho" e que é igualmente seu. Também ossubsídios de deslocação que vereadores ou membros das Assembleias Municipaisauferem, quando se deslocam às reuniões dos respectivos órgãos, não terãogrande expressão orçamental nem motivarão especial inquietação. Ainda quesejam, por exemplo, pessoas que estudam ou trabalham em Lisboa e que, com ousem reunião, sempre se deslocariam a casa.   
Não está em causa a legalidade da marosca. Quemfaz as leis não é parvo e, obviamente, não deixou espaço para que a questão daeventual ilegalidade fosse suscitada. Mas lá que é imoral disso parecem nãosobejar dúvidas. Até porque o mesmo principio não se aplica à generalidade doscidadãos ou das profissões. É o que dá, nas restantes actividades, não serem ospróprios a fazer as leis pelas quais se vão reger.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.