Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Não há bazucas grátis

Kruzes Kanhoto, 08.05.21

FUNDOSEUROPEUS.png

 

Ando há anos a dizer isto. Nem é preciso ser muito esperto para se chegar a esta conclusão. Pelo contrário. É preciso ser muito burro para não perceber. Não tenho como discordar que foi o muito dinheiro oriundo da União Europeia que permitiu criar muitas das infraestruturas que temos hoje ao nosso dispor. Mas, também, apenas um tolinho não perceberá que muito desse dinheiro se destinou a esturrar em inutilidades, a satisfazer egos de autarcas, a criar encargos que agora nos custam os olhos da cara e, entre muitas outras coisas, a contribuir para uma gigantesca divida que mais tarde ou mais cedo alguém terá de pagar.

Claro que esse dinheiro criou riqueza. Muita, até. Basta pensar em determinados figurões para desconfiarmos que é capaz de ter ali havido mãozinha de fundo comunitário a envolver a melhoria da qualidade de vida. Não admira, por isso, que tantos se babem com a perspetiva de meter a mão na bazuca. Nós, como sempre, estaremos cá para apanhar com os estilhaços.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.