Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Manifestontos

Kruzes Kanhoto, 08.04.18

Admito que posso estar a ser injusto nas minhas apreciações – até porque generalizar, normalmente, dá nisso – mas tendo a considerar as manifestações como coisas de gente excêntrica. É que isto ao olhar para quem vai saindo à rua, em defesa de causas ou protestando contra consequências, não me canso de achar que tenho razão.

Os artistas, por exemplo. Têm um produto para vender, que a julgar pelas vidas que vão expondo parece bastante rentável, mas, ainda assim, insistem que o Estado pague a produção. Ou, então, andam-nos a enganar a todos. Pode também, acredito, haver produto que não vende. Não prestará, certamente. Mas, se é assim, o melhor é deixar de o produzir e procurar outra vida. Que isto o contribuinte não tem de andar a financiar falhados. Ah, espera. Tem. Que a essa malta ninguém critica com medo de fazer figura de inculto.

Os gajos dos animais também se manifestaram. Diz que não estão lá muito de acordo que alguns sirvam para degustar. Há que acabar com essa cena, reclamam. Uns tontos, estes manifestantes. Pena que se tenham esquecido de reivindicar o fim dos inseticidas. Baratas, pulgas e moscas têm tanto direito a viver nesta planeta como todos os outros seres vivos, pá!

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Kruzes Kanhoto 10.04.2018

    Eu já estou como secretário-geral da ONU. Preocupadissimo com os extremistas de todas as religiões. Ainda há pouco fui atacado por uma extremista das testemunhas de Jeová. Safei-me por pouco...
  • Sem imagem de perfil

    pita 12.04.2018

    Bem, mas mesmo bem vistas as cousas, não foi Vexa que se safou por pouco. Creio que alí houve um dedinho de Jeová...

    Um nico de cóltura...
    Como para o israelitas era proibido escreverem o nome de Deus, Adonai (o Senhor) passou a ser usado no discurso oral. Nos escritos, anotavam se as vogais da palavra Adonai sob as letras do nome de YHWH, daí derivando Iaveh, Javeh — Jeová, mais tarde. Em Hebraico e em Aramaico não há vogais; anotavam se os seus sons.
    Abraço
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.