Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Ide, ide para Cuba ou para outro dos vossos paraísos...

por Kruzes Kanhoto, em 05.04.20

Captura de ecrã de 2020-04-05 12-50-51.jpg

 

É sempre com renovada satisfação que acedo a sites ou páginas pessoais de propaganda comunista. Gosto se estar informado acerca das maravilhas daqueles regimes fantásticos, dos quais assim que podem os povos se vão libertando. Dá-me para isto.

Foi por essas fontes de informação que fiquei a saber que Cuba, China e Rússia estão na linha da frente do combate ao Covid-19. Ele são médicos, material de todo o tipo e sei lá mais o quê que – solidária e desinteressadamente – esses países oferecem àqueles que, subjugados por regimes capitalistas impiedosos, não conseguem tratar dos respetivos povos. Nem dos igualmente respetivos trabalhadores, como lembraria o camarada Jerónimo. Falta apenas neste rol de nações solidárias, a Coreia do Norte. Mas deve ser erro meu, que não pesquisei de forma eficaz, porque de certeza também se estará a solidarizar com o ocidente vergado ao capitalismo demoníaco.

Nem vou lembrar aquele pagode – eles continuam em estado de negação, coitados – que a Rússia tem tanto de comunista como tinha o Chile no tempo do Pinochet. E não, a comparação não foi uma coisa que me surgiu do nada. Tão pouco os vou recordar que na China coabitam o que há de pior no actual panorama. A par seguem um regime político comunista e autoritário – passe o pleonasmo – e um capitalismo absolutamente selvagem.

Já Cuba é um caso diferente. Aquilo é mesmo do melhor. Que o diga a comunista chilena de quarentena na ilha maravilha e que pede desesperadamente ao governo chileno que a leve de volta ao seu país. Ou os milhares de americanos que, em toda a espécie de embarcações, tentam todos os dias fazer a travessia da Flórida para a ilha comunista para escapar à miséria em que vivem no EUA e buscar o sol na terra na ilha do clã Castro. Até eu, se não fosse tão longe, era gajo para ir para lá. E para levar uns camaradas, também. Se eles estivessem dispostos a abdicar das suas vidinhas burguesas neste inferno capitalista, claro.

 

Compartilhar no WhatsApp

2 comentários

  • Imagem de perfil

    De Kruzes Kanhoto a 08.04.2020 às 12:57

    Conta-se que nos tempos da reforma agrária um comunista ferrenho reclamava da existência de uma quantidade significativa de porcos numa determinada herdade e que havia que proceder à sua distribuição por quem mais precisava.
    Um ouvinte mais afoito - sim, que naquele tempo era preciso alguma coragem para afrontar aqueça malta - lembrou o camarada que ele, no seu monte, tinha duas vacas leiteiras e, aplicando o mesmo principio, também devia prescindir de uma. A resposta terá sido pronta: "o comunismo é só para porcos"...

    Com as devidas adaptações deve ser mais ou menos o caso desta menina...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.