Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Fogo à(o) peça(s)...

por Kruzes Kanhoto, em 10.01.19

Desconfio que alguém quer “fazer a folha” àquele médico do INEM a quem as televisões, estranhamente, têm dedicado mais tempo de antena do que à problemática do novo treinador do Benfica. As suas opiniões desassombradas acerca de alguns temas da moda - conheço-as pela leitura da sua coluna num jornal local, mas, presumo, não se coibirá de as manifestar noutros locais – terão contribuído para arregimentar contra si uma vastíssima panóplia de inimigos. Entre os quais os mais perigosos da actualidade. Os anti-touradas, amiguinhos dos animais em geral e militantes de causas parvas em particular. Gentinha capaz de tudo. Até por serem destes as reacções mais desabridas que tenho lido nas redes sociais acerca do alegado comportamento do médico.  

Não deixa de ser irónico que gente que não se cansa de exaltar o seu amor aos animais em detrimento das pessoas, garante que não hesitaria em optar pela vida de um bicho em vez de salvar um ser humano e, como também já vi escrito, recusaria ser atendido por um médico que goste de touradas venha, agora, indignar-se com as alegadas opções que o clinico alegadamente terá tomado. Já dizia o outro: “Quem se mete com o PS, leva”. Quem, acrescento eu, se mete com os defensores de causas modernaças, também.   

 

Compartilhar no WhatsApp

5 comentários

Comentar post