Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Exemplar

por Kruzes Kanhoto, em 27.02.10
O amigo Simão Serafim afirmou alto e bom som em certa ocasião, perante uma enorme plateia que não me deixa mentir, que os bons exemplos devem vir de cima. Sócrates, o engenheiro, proclamou por estes dias uma outra verdade vagamente relacionada com a anterior. Garante o primeiro-ministro que o país se deve inspirar nos bons exemplos.
Certamente não será abusivo da minha parte proclamar que o país se deve inspirar nos bons exemplos e que estes devem vir de cima. Ou, se preferirem, que os bons exemplos devem vir de cima e que o país se deve inspirar neles. É, contudo, absolutamente indiferente. Pelo topo os bons exemplos não abundam. A começar pelo primeiro que, perdoar-me-ão os apaniguados, não constitui grande exemplo para ninguém. Embora, estranhamente, ainda haja por aí muito boa gente – boa é uma maneira de dizer, porque alguma é mesmo ruinzinha – que insiste em imitar o “chefe”.
Por outro lado é o próprio líder que não faz uso adequado da máxima que evocou. Ou então, para além de não ser um bom exemplo, não está devidamente inspirado. O que é pena. Se há coisa que nós não precisamos é um primeiro-ministro desinspirado. Não nos transmite inspiração.
Compartilhar no WhatsApp

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.