Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Enrolem-se à vontade...mas não aborreçam os outros!

por Kruzes Kanhoto, em 16.03.18

images.jpeg

 

Não sendo utilizador de transportes colectivos, desconhecia que é possível pessoas e animais viajarem juntos. Cuidava eu que tal misturada era coisa de comédia cinematográfica a parodiar aqueles países atrasados onde galinhas, porcos e pessoas viajam todos todos em alegre promiscuidade. Mas diz que não. Parece que, também por cá, pode ir tudo no mesmo espaço. Seja comboio, autocarro ou avião. Desde que, parece, o bicho vá devidamente acondicionado numa maleta colocada debaixo do banco onde se senta o dono. Como se o animal que viaje nessas condições não mije, cague ou faça barulho. Que incomode, em suma.

Isto a propósito daquela noticia da morte de uma canito que não foi autorizado a viajar de avião junto do dono. A Internet, como seria de esperar, indignou-se. Por mim a companhia de aviação fez muitíssimo bem. O passageiro do lado não tem nada de aturar a presença de um bicho.

Deve ser, presumo, um sinal dos tempos. Ou não, porque gente esquisita sempre houve. A diferença é que antes não nos aborreciam com as suas esquisitices e agora somos nós que somos considerados esquisitos se nos aborrecermos com as suas manias. Por mim, insisto, desde que não chateiem os demais façam o que quiserem com a bicharada. Até coisar e isso, como alguns e algumas já fazem com os de maior porte.

Compartilhar no WhatsApp

2 comentários

Comentar post