Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

E se fossem demolir os cornos do paizinho?

Kruzes Kanhoto, 23.02.21

A generalidade dos portugueses não percebeu a ideia daquele deputado de terceira linha – mas com evidente vontade de se chegar à frente – do Partido Socialista. Deste partido socialista 2.0, sublinhe-se, que o outro, o verdadeiro, tinha por lá alguma gente séria.

Mas, escrevia, quando o homem manifestou vontade de deitar abaixo o padrão dos descobrimentos todos levaram aquelas declarações para a lado revolucionário, esquerdalho e, sobretudo, bandalho que vai por aquelas paragens políticas. Até pode ser que, em parte, seja isso. Desconfio, contudo, das intenções da criatura. Mais depressa acredito que na “família” exista alguém com interesses numa empresa de demolições.

Já a outra parte das declarações, aquela que lamentava a quase ausência de falecimentos na sequência do 25 do A, pouco me surpreendem. Cresci a ouvir idênticos lamentos. A ele, até por ser da minha geração, deve ter acontecido o mesmo. Pelos vistos aquilo ficou-lhe. É pena. Mas é, também, a prova que os burros – mesmo que doutores - não mudam de ideias. Serão sempre parvos.

4 comentários

Comentar post