Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

E sair de casa para me abster, posso?

Kruzes Kanhoto, 07.01.22

Afinal, quase dois anos depois, estamos prestes a concluir que proibir as pessoas de sair de casa é inconstitucional. Desde que essa proibição, como é evidente, envolva coisas importantes. Daquelas que todos temos de fazer. Como, por exemplo, passear o cão ou votar. Já para banalidades como trabalhar ou comprar comida é óbvio que a proibição se mantém. Devidamente respaldada pela lei fundamental, como é bom de ver. Ou seja, nesta terra de malucos qualquer badameco decide, quando muito bem lhe apetece, acerca de direitos que podem ou não ser violados.

Arrenego todas as teorias dos negacionistas desta pandemia mas, começo a achar, que não são os únicos doidos varridos. É que isto, do lado dos especialistas na especialidade e dos políticos, não falta gente empenhada em lhes dar motivos para acharem que têm razão. Depois, num próximo confinamento geral e obrigatório, venham para cá convencer o pagode que não podemos sair para comprar cerveja, visitar a sogra ou – loucura das loucuras – ir trabalhar.

10 comentários

Comentar post