Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

E o assédio eleitoral, também conta?

por Kruzes Kanhoto, em 14.04.19

Bextremista.jpg

Não sei se constitui motivo para me preocupar mas, de vez em quando, dou por mim a concordar com as propostas do Bloco de Esquerda. Agora é com aquilo da Lei Laboral, ou lá o que é. Nomeadamente umas quantas disposições da dita legislação que o maior partido extremista português quer ver alteradas. Agrada-me sobremaneira aquela ideia de considerar assédio os contactos entre a entidade patronal e o empregado – colaborador, vá – fora do horário de trabalho. A ser implementada esta norma, este pagode deixava de poder ir às televisões dizer baboseiras após a hora de saída do parlamento. Sim, que os patrões deles somos nós e não temos nada que andar a ser incomodados com o que os empregados que pusemos na Assembleia da República acham disto ou daquilo fora horário laboral e do respectivo local de trabalho.

Compartilhar no WhatsApp

4 comentários

Comentar post