Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Decidam-se, porra!

Kruzes Kanhoto, 31.05.14
Até quase às vinte horas de ontem, a julgar por aquilo que se escrevia nas diversas redes sociais e se dizia na rua, o governo não passava de um grupo de bandalhos. Daqueles mesmo do piorio. Roubava ordenados, aumentava impostos e impunha austeridade sem demonstrar um pingo de sensibilidade social.
De ontem para hoje tudo mudou. Agora os malandros da pior espécie são os juízes do Constitucional. O governo esse, coitado, não tem outro remédio senão aumentar o IVA para poder pagar os brutos ordenados aos malandros dos funcionários públicos. Uma vergonha, portanto, essa decisão do Tribunal. Coisa, até, para colocar de novo em perigo o equilíbrio orçamental que o Passos Coelho - um santo homem, só falta acrescentar - tanto se esforçou para conseguir.
É bom que os portugueses se decidam acerca do que querem. Se é que conseguem. O mais provável é nem saberem ao certo o que desejam. Tirando aquela parte de acharem que devem ser os outros a pagar a crise.

4 comentários

Comentar post