Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Contribuintes vão dar casa a mais de 52 mil...

Kruzes Kanhoto, 06.08.22

Captura de ecrã de 2022-08-06 16-56-11.png

O que eu gosto destas noticias que envolvem aquele conceito tão fixe de o Estado dar coisas. Por norma - até porque fica sempre bem - aos pobres e desfavorecidos desta vida. Sejam estes últimos, os desfavorecidos, quem forem. O leque desta malta é vasto e o Estado, nomeadamente quando gerido pelo partido socialista, evidencia especial apreço em financiar a sua existência. Vai desde os que padecem de alergia ao labor aos sofrem da permanente vontade de se governar à conta do Orçamento. E quem, quando no poder, assim não fizer pode encomendar o funeral político. Veja-se o caso de Passos Coelho por ter recusado, contra o que ainda hoje defende o PS, financiar o Ricardo Salgado quando da queda do BES.

Mas há, também, o reverso da medalha. Muitos destes cento e oitenta e cinco autarcas – ou outros, se a dádiva não for cumprida neste mandato - vão tê-lo nas próximas autárquicas. No Alentejo não existe o hábito de “dar casinhas” e os resultados desastrosos dessas oferendas, nos poucos concelhos onde isso aconteceu, tem servido de “vacina” para que outros não enveredem por esse caminho. Não posso ter a certeza absoluta que aqueles que derem casas vão perder as eleições, que isto há sempre quem não se importe com a maneira como esturram o dinheiro dos seus impostos. O que sei é que, garantidamente, não levam o meu voto.

7 comentários

Comentar post