Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

As favas da crise II (ou três, sei lá!)

Kruzes Kanhoto, 29.02.12

Alhos, ervilhas, poejos, coentros, salsa, nabiças, espinafres,favas e a meia dúzia de árvores que vão fazendo por sobreviver no meu quintal,começam a desesperar por uma boa chuvada. A reserva estratégica que armazeneichegou ao fim com o esvaziamento do último recipiente, a água da rede está pelahora da morte e no céu nem uma nuvenzita que prometa chuva. Daí que comece apensar que escolhi mal a altura para me dedicar a cuidar da terra.
Apesar da seca e do racionamento de água a que têm estadosubmetidas, as favas da crise ainda apresentam um desenvolvimento bastanteaceitável. Mas, a menos que a fezada da ministra da agricultura se concretize,o futuro não augura nada de bom também para estas plantas. O que seria uma pena.É que não gosto - nunca comi - mas tenho andado a preparar-me psicologicamente paraa minha primeira refeição envolvendo favas.  

4 comentários

Comentar post