Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

A causa da carteira

Kruzes Kanhoto, 23.05.24

Tenho alguma dificuldade em identificar-me com determinadas causas. A dos professores é uma delas. Ainda que seja legitimo a todos e cada um lutar pelo que entende ser melhor para si, a luta dos docentes pela reposição do tempo de serviço alegadamente perdido parece-me despropositada. Não tanto pelo direito à carreira - que esse é mais do que legitimo - mas pelo discurso. Aquilo é do mais desconchavado que há. Desde os sindicatos até aos professores que individualmente vão sendo ouvidos pela comunicação social. Eu já nem digo aquela parte de pretenderem que os reformados aproveitem do que vier a ser acordado com o governo. Parece despropositado, mas entende-se. Pretender que os que já atingiram o topo da carreira venham também a ter direito a mais qualquer coisinha é que se afigura absurdo. Suscitar a ideia diz muito sobre esta “luta”. Já estou como em certa ocasião me disse, a mim e a mais uns quantos colegas, um antigo presidente da Câmara. “Carreira... carreira...vocês querem é mais dinheiro, pá!”.

4 comentários

Comentar post