Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



mulher-apalpada-no-multibanco-de.jpg

 

Se há coisa que me aborrece é ficar largos minutos à espera que uma criatura qualquer pague as contas, suas e de todos os familiares, no multibanco. Mais desesperante ainda se, após cada pagamento, fizer uma consulta ao saldo da conta. Tudo assuntos que podem, com muito mais segurança e tranquilidade, ser feitos em casa. Mas não. Vá lá saber-se porquê há ainda quem prefira fazê-las na rua. Uns corajosos, é o que é. Não só revelam um destemor enorme face à bandidagem, como não se importam de enfrentar os olhares de desprezo dos que têm de aguentar pela conclusão das suas transações. É por estas e por outras – mas especialmente por estas, reconheço – que me agrada a ideia de lançar um imposto sobre este tipo de operações. O que até se pode concretizar em breve se essa for a vontade do PCP.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:22



61 comentários

De Anónimo a 06.12.2015 às 12:51

Quem não computador ou conhecimento para gerir com segurança o home banking, também tem direito.

É obvimante evitado consultar o saldo entre cada transacção.

De Kruzes Kanhoto a 06.12.2015 às 13:16

Todos têm direito...era o que mais faltava que não tivessem! Isto sou só eu a falar...

De Oha pá... a 06.12.2015 às 12:53

Opiniões são opiniões, cada um tem a sua e por isso valem o que valem.
Não faço parte da infoexclusão.
Mas dados bancários e muito menos operações feitas pela internet, para mim estão fora de questão.
Sim, está bem, os sistemas informáticos bancários são quase 100% infalíveis, e no Multibanco os riscos serão maiores.
Mas…pondo este meu espírito serôdio de parte.
Para além de ainda nem todas as pessoas possuírem internet. O ideal seria haver bom senso de ambas as partes., ou seja quem utiliza o Multibanco para estes fins mais demorados, procurar faze-lo em horas e dias de menos procura e já agora em caixas de menos movimento.

De Kruzes Kanhoto a 06.12.2015 às 13:14

Na minha opinião o HB é bastante mais seguro. E não chateia ninguém...

De Sofs a 06.12.2015 às 18:20

As pessoas fazem isso talvez porque se pagam as transferencias bancárias pela internet...e não, pela internet não é assim tão mais seguro quanto nos querem fazer acreditar...

De Kruzes Kanhoto a 07.12.2015 às 10:40

Os pagamentos de serviços não têm taxas no HB.

De Raimundo a 07.12.2015 às 16:12

De facto, são já muito poucos os bancos que não cobram transferência inter-bancárias. Entre contas do mesmo banco não se paga e em pagamentos de serviços também não mas a grande maioria das instituições já cobra 0,50€ + i.s. (0,52€ total) em transferências desde o inicio deste ano.

De Kruzes Kanhoto a 08.12.2015 às 22:05

Um roubo. E, pior, para fazermos o trabalho deles...

De Zé a 07.12.2015 às 07:44

Deviam haver caixas exclusivas para levantamento de dinheiro, ou seja, que não permitissem outras opções.
Quanto aos que dizem que HB não é assim tão seguro, verdade, no entanto se alguém decidir piratear um banco, podem ter a certeza que mesmo quem não usa HB será prejudicado porque os dados estão lá na mesma.

De Kruzes Kanhoto a 07.12.2015 às 10:42

Isso das ATM só para levantamentos é que era uma grande ideia...

De xana a 07.12.2015 às 07:49

Ambos os meus pais que estão desempregados devido a re-estruturações das respectivas empresas e têm de momento que viver com poucos recursos. Uma das despesas que tiveram de cortar foi precisamente internet e TV por cabo, entre muitas outras, se é que querem ter comida á mesa. Por isso mesmo são dessas pessoas que tanto aborrecem o Kruzes Kanhoto por se deslocarem ao multibanco e não utilizarem meios informáticos no conforto do lar.

Mas tenho a louvar os meus pais por serem cidadãos com respeito e consideração pelos seus concidadãos, e quando vêm a fila de espera a aumentar, suspendem as operações, deixam pessoas com mais pressa passar á frente e retomam as operações.

Mais um imposto sobre o uso do multibanco nestas circunstancias é penalizar ainda mais o sector da população mais carenciada que se serve deste tipo de serviços por motivos
económicos.

Além de que se tratar dum sector mais idoso da população, os motivos prendem-se não só com dificuldades financeiras (comprar um computador, ter ligação á internet, etc ) mas também de aprendizagem de novas tecnologias.
Kruzes Kanhoto , peço-lhe que quando se sentir exasperado á espera do multibanco tenha um pouco mais de paciência, pois não sabe as circunstâncias em que os outros utilizadores se encontram e se tiver poucas operações a efectuar, peça para passar á frente. O pior que lhe pode a acontecer é uma pessoa antipática dizer-lhe não.

De Kruzes Kanhoto a 07.12.2015 às 10:38

Não falei em idosos. Há gente nova muito pior a mexer nestas coisas...

De atento a 07.12.2015 às 09:37

Só não se entende, porque vai ao multibanco? Porquye não faz tudo tranquilamente, em casa, no Home banking?

De Kruzes Kanhoto a 07.12.2015 às 10:35

A sério? O seu computador dá-lhe notas?

De jose santos a 07.12.2015 às 14:35

Isto e conversa de menino mimado que quer ter sempre tudo disponivel e de mao beijada

De Kruzes Kanhoto a 07.12.2015 às 20:05

Claro Zezinho esse sou mesmo eu. E tu és parvo.

De BomDia a 07.12.2015 às 15:37

eh pah , eu quero um desses!!!
mas percebo as pessoas que preferem/tem que fazer as operações num multibanco... com bom senso e respeito pelos outros ninguém precisa de exasperar!

De Kruzes Kanhoto a 08.12.2015 às 22:06

Nem de apalpar!

De Makiavel a 07.12.2015 às 14:50

A adesão ao homebanking não é gratuita em todos os bancos.
E já há bancos que cobram uma taxa por transferência interbancária (CGD) feita em ambiente homebanking.
Junte estes dois factos a uma razoável iliteracia em matéria de acesso seguro à net por parte de muitas pessoas e ainda ao aumento dos tarifários dos bancos para atendimentos presenciais ao balcão e tem a explicação para um aumento de utlizadores de MB a fazerem pagamentos de serviços, transferências bancárias, consultas de saldos, etc.
Mas reconheço que, para quem quer levantar € 20,00 e seguir com a sua agenda do dia, levar com um utente de MB a fazer análise financeira à respectiva conta é, no mínimo, exasperante.

De Kruzes Kanhoto a 07.12.2015 às 16:29

E a fazer contas de cabeça para ver se o dinheiro chega..

De Mario a 07.12.2015 às 15:32

Para este tipo de opinião só uma resposta possível: "se está com pressa, dirija-se ao multibanco mais próximo."

De Kruzes Kanhoto a 07.12.2015 às 16:31

Mai nada...ou seguir o exemplo da foto.

De Anonimo a 07.12.2015 às 15:43

Não percebes muito do assunto...
Por exemplo, as transferências feitas por internet pagam imposto, por multibanco não.
Porque será que as pessoas utilizam o multibanco para fazerem transferências? vê se adivinhas...

De Kruzes Kanhoto a 07.12.2015 às 16:34

Ora deixa-me adivinhar...eh, pá não. Não percebo mesmo nada disto. Contas não é comigo.

De LEV a 07.12.2015 às 15:47

Algo contraditório, se V. usa o o home banking, porque raio há-de preocupar-se com os que preferem a caixa do MB, demorem eles o tempo que demorarem a efectuar as suas operações? Foi só para chegar ao PCP? Um caminho um bocado tortuoso, não acha?

De Kruzes Kanhoto a 07.12.2015 às 16:36

Talvez. Num comuna bate-se sempre. Mesmo que não saibas porque lhe bates ele sabe porque apnha.

De Anónimo a 07.12.2015 às 17:10

oh cruzes!canhoto!

De Anónimo a 07.12.2015 às 22:59

Mas não sabes ler? A questão é ter de se ficar meia-hora à espera para se levantar 10 ou 20 euros porque um analfabeto qualquer resolveu ir à ATM pagar as contas todas. É assim tão difícil perceber? É que infelizmente o Home Banking ainda não dá dinheiro liquido.

Se as pessoas pensassem antes de falar...

De Kruzes Kanhoto a 08.12.2015 às 22:08

Esse é o problema. Pensar dá muito trabalho!

Comentar post


Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D