Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Deve ser uma espécie de piada holandesa...

por Kruzes Kanhoto, em 09.04.17

Nada de muito surpreendente que cerca de mil gaiatos portugueses tenham sido expulsos da unidade hoteleira onde desfrutavam da sua viagem de finalistas. De estranhar, apenas, que episódios desta natureza – expulsar quem se porta mal – não sejam a norma. Trate-se de gente acabada de largar os cueiros ou criaturas com idade mais do que suficiente para ter juízo.

Já a postura dos pais dos meninos é patética. Apetece-me ser simpático, hoje. Dêem-lhes os “améns”, como dizia a minha avó sempre que um alarve de algum papá vinha defender – o que raramente acontecia, diga-se - as tropelias do filho em lugar de lhe arrear uns bons tabefes. Outros tempos.

O que continua a causar-me alguma admiração é que, apesar de todos os malefícios e roubos do malvado governo da direita ao povo ainda não consertados pela geringonça, os papás tenham dinheiro para financiar estas aventuras aos seus petizes. Querem lá ver que aquele holandês maluco, às tantas, ainda tem razão...

Compartilhar no WhatsApp

A hipocrisia fica-lhes tão bem...

por Kruzes Kanhoto, em 16.06.16

hotel1.jpg

Como já se esperava multaram o tal hotel que não aceita como hospedes gays, lésbicas, adeptos de futebol, festivaleiros e consumidores de drogas. É, mais uma vez, a ditadura do politicamente correcto no seu melhor.

Nem é preciso grande capacidade adivinhatória para prever a satisfação que muitos irão expressar nas redes sociais pela penalidade a que os proprietários foram sujeitos. Interessante seria, no entanto, saber quantos escolheriam o último quarto de uma unidade hoteleira, sabendo que todos os outros quartos estavam ocupados com pessoas destas características. Dentre quem não se dedica a nenhuma daquelas práticas, o gajo que mandou aplicar a multa seria, quase de certeza, o único. Ou, já agora que o tema está na moda, quantos levariam os filhos para um hotel onde metade dos alojamentos – sim, só metade – estivessem ocupados por gente daquela que o dito hotel não aceita.

Compartilhar no WhatsApp

Aceitam-se animais...crianças é que não!

por Kruzes Kanhoto, em 27.11.15

Hotel.jpg

 

Será, de certo, tudo muito legal. Estará, acredito, inserida numa opção estratégica de negócio que, porventura, dará óptimos resultados. Pode ser isso tudo e mais o que se quiser. Mas, para mim, é uma estupidez. Coisa de gente que nem merece que a reconheçam como tal.

Por breves instantes ainda ponderei incluir o estabelecimento hoteleiro em causa – culpa do Booking - entre as opções de escolha para uma curta estadia. Mas foi só até ver as condições do empreendimento. Não me serve. Recuso-me a pernoitar num sitio que permite animais. E, a juntar a isso, se não aceitar crianças, como é este, é coisa para o desaconselhar vivamente. Vade retro!

Compartilhar no WhatsApp