Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Sim, os cães são uma praga!

por Kruzes Kanhoto, em 30.04.17

cao1(1).jpg

 

cao0000.jpg

 

Há trinta ou quarenta anos eram raríssimos os cães que viviam em ambiente urbano. Ainda que sem grande rigor cientifico diria que mais de noventa por cento dos canídeos seriam de caça e de guarda. Sendo que, os últimos, apenas podiam ser alojados em áreas rurais. Nas zonas urbanas eram considerados animais de companhia ou de luxo e o seu número era meramente residual.

Hoje tudo é diferente. Neste caso para pior. Muito pior. Ter um cão passou a ser moda. Tanto que se tornou uma praga. Constitui já um problema de saúde pública. E se não é tratado com o sensacionalismo do sarampo, da “baleia azul”, das claques do futebol ou de outra parvoíce qualquer é apenas por não ser politicamente correcto falar do assunto. A menos, claro, quando alguém é atacado por um bicho desses. Mas, mesmo nesses casos, ainda aparecem uns anormais a atirar a responsabilidade pela ocorrência para cima da vitima. Num programa televisivo que abordou o tema houve um parvalhão que o fez.

Daí que, sem surpresa de maior, os negócios em torno desta mania colectiva sejam cada vez mais. Agora até estas coisas, que nem sei ao certo como se chamam. Muito úteis, dirão os patetas dos tutores – donos era dantes – quando o animal for acometido de uma súbita fomeca ou de outra necessidade qualquer. Muito me engano ou um dia destes serão também os canitos a fazerem birra junto destas traquitanas…

 

 

Compartilhar no WhatsApp

7 comentários

Comentar post