Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Pilha galinhas

por Kruzes Kanhoto, em 28.02.15

Ao contrário de outras localidades, Estremoz não apresenta ainda problemas sérios de criminalidade. À excepção de alguns conhecidos "pilha-galinhas", indivíduos cuja propensão para cobiçar os bens alheios parece ser uma partida da genética, não existem por cá meliantes em quantidade, nem qualidade, para fazer desta terra um lugar inseguro. Não obstante este estado de coisas, começam a ser preocupantes alguns comportamentos de um certo grupo de cidadãos. E chamemos-lhe assim para não ferir susceptibilidades, porque ser cidadão pressupõe respeitar as regras da cidadania. Coisa que os seres em causa nem desconfiam o que seja. Vá lá saber-se porquê, o aglomerado de pessoas em espaço fechado parece provocar nessas criaturas o estranho desejo de embirrar com quem lhes está mais próximo e encontrar um pretexto para provocar conflitos. E estes, os conflitos, podem ter resultados muito mais trágicos do que a fuga de umas quantas galinhas da capoeira de uma qualquer vizinha.

Compartilhar no WhatsApp