Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



País de malucos...

por Kruzes Kanhoto, em 23.04.16

Casas.jpg

Ao outro, coitado, chateavam-no por ofertar electrodomésticos. Pagos, no caso, do próprio bolso. A estes, que compram a simpatia dos eleitores com o dinheiro dos contribuintes, aplaudem. A caridade, pelos vistos, para ser valorizável deve ser feita com fundos públicos. E a compra de votos também.

 

Centeno.jpg

É por estas e por outras que não conseguimos saciar o monstro. Há que pagar os desvarios. De todos os desvairados. E eles são muitos. Os desvarios. E os desvairados.

 

Gatos.jpg

De toda a espécie. E não, não estou a incluir os pequenos felinos. Os malucos são os humanos. Pouco me importa o que fazem com os bichanos, mas lá que isto é coisa de quem não bate bem, lá isso é...

Pensaoparacao.jpg

Mas há os desvairados, os malucos...e isto. Que, a bem-dizer, nem sei ao certo o que lhe chame. Serão os valores, a falta deles ou outra coisa qualquer que só se cura quando alguém lhes dê com um gato morto pelas trombas. Até ele - o gato - miar, como diria a minha avó. Essa sábia senhora.

Manicomio.jpg

Não, não parece. É. Este país é um gigantesco manicómio. Está tudo doido varrido. E pior, orgulham-se disso.

 

 

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:12



5 comentários

De Anónimo a 23.04.2016 às 21:17

Isto faz-me lembrar um ilustre advogado do alto Minho a respeito de amantes: "No tempo do Estado Novo quem queria ter as ditas punham-lhe casa e mantinham-a, hoje (pós 25 A) arranjam-lhes um emprego na função pública". As casa pagas são uma outra versão da mancebia!

De Kruzes Kanhoto a 24.04.2016 às 11:35

É a versão socialista da coisa...

De Fatyly a 24.04.2016 às 18:56

Pois é...pois é a burra sou eu, porque são todos farinha do mesmo saco e dou razão a Henrique Neto. Também o anterior governo mentiu, aldrabou, saída limpa etc e tal e afinal a "****" estava debaixo do tapete. Vieram estes a a festa continua no corta, corta mas não cortam no que deveriam cortar.

De Kruzes Kanhoto a 24.04.2016 às 23:51

Mentiu o anterior, o anterior do anterior, mente este, mentirá o próximo...Mas os malucos estão em todo o lado!

De fatima a 09.01.2017 às 14:11

Era pô-los com uma enxada na mão, uma semaninha, para verem o que custa ganhá-lo. Misericórdia! Quanto à parte dos animais digo-lhe: isto é um país de zombies e estas manias são importadas. A estes tirava-lhe o telemóvel. Aí uma semanita. E as selfies nas exéquias do Soares, jà vi?. E o Largo do Rato com cartazes do tamanho de uma casa? Isto é a Venezuela ou a Coreia do Norte? Sá falta enterrarem o Soares daqui a um mês como o Nelson Mandela. Está tudo louco, amigo.

http://www.tvi24.iol.pt/politica/funeral/cerimonias-funebres-iniciam-se-hoje-com-cortejo-para-os-jeronimos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D