Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Os javardolas do poleiro podiam, de vez em quando, ser sérios.

por Kruzes Kanhoto, em 22.05.13

Em nome daalegada sustentabilidade do sistema, anuncia-se mais um ataque aovencimento dos funcionários públicos e às pensões dos reformadosda função pública. Um novo aumento do desconto de trabalhadores eaposentados para a ADSE. Só, e apenas, porque o governo sabe quecom esta medida arrecada mais uns cobres enquanto, demagogicamente,vai mantendo vivo, entre a população, o sentimento de aversão aquem trabalha para o Estado. Isso e o espírito de vingança que estápresente nas mentes tacanhas daquela gente, ainda com o acórdão doConstitucional por digerir.
Obviamente quenão está em causa a viabilidade da ADSE. Como está amplamentedemonstrado, este é um sub-sistema que permite ao Estadogastar muitíssimo menos com a saúde dos seus beneficiários do quegastaria se estes optassem pelo SNS. Mas, mesmo admitindo que aqueleorganismo tenha problemas de viabilidade financeira sem este aumentoda contribuição de quem dele beneficia, então o governo que deitemão de outros recursos. Nomeadamente cobrar aquilo que os municípiosdevem a esta entidade. A titulo de exemplo, só para se ter a noção da dimensão do regabofe que por aí vai, uma Câmara alentejana deveráà ADSE – a acreditar na informação publicada no respectivo site- cerca de um milhão e quatrocentos mil euros. Que o governo,diga-se, não recupera porque não quer. Prefere ir aos bolsos dos docostume. Mas é disto que o povo gosta!
Compartilhar no WhatsApp

3 comentários

Comentar post