Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Mais um direito adquirido

por Kruzes Kanhoto, em 12.08.17

Parece que agora existe um novo direito adquirido. Ou inalienável, talvez, que é morar no centro da cidade de Lisboa. Estou farto de ler, seja em blogues ou jornais, reivindicações de quem, não sendo proprietário de nenhum imóvel na zona, se acha no legitimo direito de viver naquelas bandas e que culpa turismo e a ganância dos donos das habitações pela aparente impossibilidade de concretizar o seu sonho.

Todos os sonhos são respeitáveis e este também é. Tão respeitável como o sonho do infeliz que até há pouco tempo recebia uma miséria de renda pelo aluguer de um prédio que nem lhe dava para pagar o IMI e que agora, finalmente, consegue tirar algum rendimento daquilo que é seu com o aluguer aos turistas.

Mas sonhos são sonhos e a realidade é o que é. E se os alentejanos e os beirões dos anos sessenta e setenta que foram forçados a abalar para Lisboa para escapar à miséria se fixaram nas periferias, porque razão os que agora demandam aquelas paragens não hão-de também ir morar para os arrabaldes? São mais que os outros? Não. Apenas imaginam que têm direito a tudo e que o universo existe para satisfazer os seus caprichos.

Compartilhar no WhatsApp

2 comentários

Comentar post