Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Figuras tristes

por Kruzes Kanhoto, em 08.04.17

Triste figura a daquele secretário de estado a quem o Costa e o Centeno ordenaram que exigisse um pedido de desculpas ao presidente do eurogrupo. Coitado. As coisas a que um individuo se tem de sujeitar. Para nada. O outro, obviamente, não pediu – nem tinha de o fazer – e, ainda por cima, teve de ouvir mais umas bocas do holandês. Bem-feita.

Há, por cá, uma vasta legião de ofendidos com aquilo dos copos e mulheres. Gente que, vá lá saber-se porquê, está a tomar as dores dos políticos. Foi a eles, como toda a gente minimamente informada percebe, que aqueles “piropos” foram dirigidos. Com toda a razão, diga-se. Até porque continuam a fazê-lo. Só um tolo não percebe que o festim continua. Basta olhar em redor. Se não vêem, então, é um problema clínico. E não me venham, como faz ciclicamente um alarve qualquer, com aquela cena do deficit e outros dados que alegadamente revelam que tudo está no melhor dos mundos. É que, como alguém escrevia hoje, “A melhoria da confiança dos portugueses acaba por não se refletir no índice de bem-estar”. Ou seja, estamos a viver num cenário de fantasia e ofendemos-nos com quem nos recorda isso.

Compartilhar no WhatsApp

4 comentários

Comentar post