Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Deve ser uma questão de mercado...

por Kruzes Kanhoto, em 19.01.18

É com preocupante e inusitada frequência que vemos, ouvimos e lemos cada vez mais noticias de crianças retiradas aos pais. Presumo que quem decide sobre tão dramática medida o fará de acordo com aquilo que se convencionou chamar de superior interesse da criança e de mais ninguém. Quero, também, acreditar que serão pessoas competentes, com sobejos conhecimentos de causa e desprendidas de outros valores que não o bem estar dos pirralhos todas aquelas que têm por função tratar destes assuntos.

Pena que não exista uma CPVI. Uma Comissão de Protecção de Velhos e Idosos ou algo parecido. Ou, se existir o equivalente para protecção da velharia, não seja tão eficiente quanto a dos catraios. É que se há coisa que me faz confusão é a facilidade com que se arranjam instituições para acolher as crianças sonegadas aos progenitores, por oposição à dificuldade que se verifica para encontrar um lugar onde um velhote viva com dignidade os seus últimos dias. Vão ver é a lei do mercado a funcionar. As crianças são poucas, logo valiosas. Velhos são muitos, portanto rendem pouco. Investigue-se, como diz o outro.

Compartilhar no WhatsApp

3 comentários

Comentar post