Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Deixa arder...

por Kruzes Kanhoto, em 16.10.17

orcamento_estado_20181.jpg

 (Imagem de "O insurgente")

 

O governo e os partidos da geringonça já fizeram centenas de reuniões para tratar dos problemas dos funcionários públicos e poucas - ou nenhuma - para tratar dos incêndios. Foi isto, mais coisa menos coisa, que ouvi hoje num telejornal. Não é verdade. Ou é apenas uma parte da verdade. O cavalheiro que proferiu esta afirmação devia ter acrescentado à agenda de trabalho dessas centenas de reuniões os problemas dos reformados. Como, até eu que não percebo nada disto, já aqui escrevi em inúmeras ocasiões. E aí sim, estaria inteiramente correcto. Por mim, enquanto funcionário e, espero, futuro reformado sou gajo para agradecer a preocupação. Mas não o faço. Não que seja mal agradecido. Acho é que aquela gentinha não devia lá estar para isso. Mas está. De um executivo composto quase em exclusivo por gente dependente do Estado não era de esperar algo diferente. Quanto ao resto é deixar arder. Habituem-se, já diz a ministra.

Compartilhar no WhatsApp

2 comentários

Comentar post