Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Kruzes Kanhoto

Ainda que todos, eu não!

Mistérios

por Kruzes Kanhoto, em 31.01.09

Desconfio desta crise e principalmente da onda de despedimentos e de encerramento de empresas. Que, não vendendo automóveis, uma qualquer marca despeça empregados não parece ter nada de misterioso. O mesmo se aplicará a uma fábrica que não consegue colocar no mercado os sapatos que produz porque as vendas caíram drasticamente ou alguém noutro qualquer lugar do mundo os produz muito mais baratos.

Agora que empresas de sectores onde, aconteça o que acontecer, as vendas dificilmente são afectadas, como por exemplo a industria farmacêutica, o façam é que já me parece que a coisa leva água no bico. Os medicamentos deixaram de ser rentáveis? Os doentes revoltaram-se e atiraram a medicação às malvas? Não creio. Forçosamente terá de ser outra a explicação e, palpita-me, que não deve ser muito clara...

Compartilhar no WhatsApp

Mistérios

por Kruzes Kanhoto, em 31.01.09
Mistérios
Compartilhar no WhatsApp

Estão todos com medo de atirar a primeira pedra?!

por Kruzes Kanhoto, em 31.01.09

Não me agrada este sentimento latente na sociedade portuguesa de que todos são culpados independentemente de prova em contrário. Mas, ainda assim, acho extraordinária a maneira cuidada como todos os políticos que já foram instados a pronunciarem-se acerca do tema do momento, que envolve o Engenheiro José Sócrates, abordaram o assunto. Não sei se é só impressão minha, mas parece que há ali uma cautela do género de quem está a pôr as barbas de molho…

Compartilhar no WhatsApp

Estão todos com medo de atirar a primeira pedra?!

por Kruzes Kanhoto, em 31.01.09
Estão todos com medo de atirar a primeira pedra?!
Compartilhar no WhatsApp

Semáforos irritantes

por Kruzes Kanhoto, em 30.01.09

Sou obrigado a passar todos os dias pelos únicos semáforos de Estremoz. Por sinal (!) estrategicamente colocados num local onde a sua missão é deveras importante por permitir a circulação alternada numa das entradas da cidade que, sem eles, seria ponto de permanente conflito de trânsito.

O pior é que cada vez que por lá passo, e passo muitas vezes por dia, apanho invariavelmente o vermelho. Acho até que o gajo que manobra aquela coisa deve ter colocado no meu carro um sensor que denuncia a minha aproximação e activa o sinal de paragem sempre que me aproximo, fazendo com que tenha de esperar um minuto até poder ir à minha vida. E isto acontece nove em cada dez vezes, sendo que na décima acelero que nem um tresloucado para passar enquanto ainda está laranja.

Claro que há sempre companheiros de infortúnio. Alguns, nomeadamente os da frente, ficam tão satisfeitos por ter um lugar tão bom na fila que até hesitam em sair dali. Ou é isso ou são daltónicos.

Compartilhar no WhatsApp

Semáforos irritantes

por Kruzes Kanhoto, em 30.01.09
Semáforos irritantes
Compartilhar no WhatsApp

O sacana

por Kruzes Kanhoto, em 30.01.09

A policia inglesa suspeita que pelo menos um cidadão português, por acaso bastante conhecido, esteja envolvido num escândalo de corrupção. Refira-se que esse cidadão português, bastante conhecido, é um sacana.

Por seu turno, a policia portuguesa suspeita que um cidadão britânico, que se tornou bastante conhecido, esteja envolvido num acto ainda mais reprovável. Saliente-se que, a confirmarem-se as suspeitas, esse cidadão britânico que se tornou bastante conhecido, é ainda mais sacana.

Podíamos trocar um sacana por outro e a coisa ficava resolvida. Mas não me parece boa ideia. Até porque o sacana português, por mais sacana que seja, é o nosso sacana.

Compartilhar no WhatsApp

O sacana

por Kruzes Kanhoto, em 30.01.09
O sacana
Compartilhar no WhatsApp

Autarquicas 2009 - Candidatos animados

por Kruzes Kanhoto, em 29.01.09

Em Estremoz já são conhecidos quase todos os candidatos ao lugar de Presidente da Câmara. Quase, porque a CDU e o Bloco de Esquerda ainda não divulgaram o nome daquele que encabeçará a respectiva lista. Nomes, especialmente no primeiro caso, não têm faltado sem que, no entanto, até à data nenhum tenha obtido confirmação por parte da estrutura local daquela coligação eleitoral.

Tal como outros também eu próprio podia especular e anunciar um candidato. Amanhã, seguramente, seria dado como garantido por metade do eleitorado que me apontaria como fonte mais do que fidedigna para tão importante e esperada noticia. Obviamente não o farei. Contudo, dentro do espírito que norteia – e também suleia – este blogue, estou em condições de garantir que o Neto e o Falâncio, conhecidos homens da luta, estão disponíveis para se apresentar ao eleitorado e que tencionam mesmo fazê-lo. Pelo menos a animação está garantida.

Compartilhar no WhatsApp

Autarquicas 2009 - Candidatos animados

por Kruzes Kanhoto, em 29.01.09
Autarquicas 2009 - Candidatos animados
Compartilhar no WhatsApp

Coincidências

por Kruzes Kanhoto, em 29.01.09

Ao contrário de outros blogues, que muito legitimamente entenderam colocar fotos da miúda e apelos vários ao seu aparecimento, nunca por aqui houve grande destaque ao sumiço da pequena Maddie. Também não vai ser agora, tanto tempo depois, que me vou debruçar sobre o assunto, mas, ainda assim, não posso – poder até podia, mas não quero – deixar de mencionar um rumor, um boato se quiserem ou uma piadola idiota como prefiro chamar-lhe, que dá conta de mais um suposto avistamento da petiza.

Afiançam alguns, vá lá saber-se porquê, que a pequena criatura vagueou em tempos pelo Freeport. Por mim não acredito. Até porque o local tem estado sob mira da polícia inglesa e a sua passagem por lá acabaria, forçosamente, por ser notada. Principalmente se, a acreditar na imaginação delirante de outros, transportasse consigo um saco repleto de notas.

Compartilhar no WhatsApp

Coincidências

por Kruzes Kanhoto, em 29.01.09
Coincidências
Compartilhar no WhatsApp

Pergunta (completamente) irrelevante do dia.

por Kruzes Kanhoto, em 28.01.09

Será verdade que “alguém” se “esqueceu” de inscrever no Orçamento de Estado para o ano em curso a dotação a transferir para os trezentos oito municípios relativa à percentagem de IRS que lhes cabe nos termos da lei, apesar de essa dotação constar dos mapas anexos ao dito Orçamento?!

Compartilhar no WhatsApp

Pergunta (completamente) irrelevante do dia.

por Kruzes Kanhoto, em 28.01.09
Pergunta (completamente) irrelevante do dia.
Compartilhar no WhatsApp

Baby boom à portuguesa

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09

À semelhança do que já fazem outras empresas em alguns países também a Canon, no Japão, resolveu mandar os seus empregados mais cedo para casa dois dias por semana. A medida, mesmo que eventualmente tenha alguma coisa a ver com a crise que anda por aí, é justificada pelo conselho dado ao pessoal para aproveitar o tempo livre que lhes é proporcionado para trabalharem na reprodução da espécie.

Este procedimento, embora arrojado, em nada se compara com aquele que os empresários portugueses, como se sabe dotados de uma sensibilidade social e uma visão estratégica absolutamente notáveis, tem vindo a adoptar ao longo dos últimos meses. Ao despedirem muitos milhares de colaboradores, em muitos casos marido e mulher, que consequentemente ficarão em casa e com muito tempo livre, os patrões lusos poderão estar a contribuir para um verdadeiro baby boom. Ao ritmo a que se sucedem os encerramentos, se os trabalhadores despedidos “colaborarem” muito, Portugal terá dentro de pouco tempo uma densidade populacional superior a Gaza. Talvez seja essa a afinidade que o Bloco de Esquerda já está a descortinar...

Compartilhar no WhatsApp

Baby boom à portuguesa

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09
Baby boom à portuguesa
Compartilhar no WhatsApp

Ana e os amiguinhos

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09

A inenarrável Ana Gomes, aquela senhora com um bom emprego, aspecto estranho, ideias parvas e amigos esquisitos, continua a insistir que Portugal, tal como outros países europeus, deve receber alguns dos prisioneiros de Guatanamo. O pior é que apesar de a ideia ser o que realmente parece – uma estupidez – é bem capaz de ir para diante e todos acabarmos por sustentar mais uns quantos malandrecos.

Após a sua libertação o mais provável é quase todos associarem-se, ou juntarem-se novamente, a redes de terrorismo e continuarem as suas actividades criminosas. Se daí resultarem novos atentados que provoquem mais mortes inocentes, Ana Gomes e todos os que como ela são favoráveis à vinda desta malta para cá deverão ser responsabilizados criminalmente e considerados tão culpados como os seus terroristas de estimação.

Apetece-me terminar com uma sugestão: Que a eurodeputada os leve para casa e viva feliz com eles – todos – para sempre. Mas é melhor não. Nem um taliban por mais terrorista que seja merece tal castigo.

Compartilhar no WhatsApp

Ana e os amiguinhos

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09
Ana e os amiguinhos
Compartilhar no WhatsApp

Gabarolas

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09

Há quem garanta insistentemente que três anos depois da posse do governo de José Sócrates Portugal é um país melhor. Será. Para alguns, não para a generalidade dos portugueses. Todos os indicadores pelos quais habitualmente se mede a qualidade de vida da população estão hoje piores que antes e até mesmo o malfadado deficit em nome do qual se encerrou meio país e devastou as expectativas de quase todos, até esse, provavelmente ficará no final da legislatura em níveis muito próximos daquilo que estava antes.

O pior de tudo e que demonstra cabalmente a estatura moral das elites dirigentes é que são incapazes de reconhecer os seus fracassos, para os quais encontram facilmente culpados, mas não poupam encómios aos seus feitos, por mais anémicos e insignificantes que estes se revelem. Se, quando as coisas correm bem é graças à acção dos governos e a conjuntura não é chamada ao caso, seria bom que quando correm mal não culpassem a crise e assumissem as suas responsabilidades. Mas isso, provavelmente, seria pedir demais. Normalmente apenas os homens honestos o fazem.

Compartilhar no WhatsApp

Gabarolas

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09
Gabarolas
Compartilhar no WhatsApp

Pág. 1/6