Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mistérios

por Kruzes Kanhoto, em 31.01.09

Desconfio desta crise e principalmente da onda de despedimentos e de encerramento de empresas. Que, não vendendo automóveis, uma qualquer marca despeça empregados não parece ter nada de misterioso. O mesmo se aplicará a uma fábrica que não consegue colocar no mercado os sapatos que produz porque as vendas caíram drasticamente ou alguém noutro qualquer lugar do mundo os produz muito mais baratos.

Agora que empresas de sectores onde, aconteça o que acontecer, as vendas dificilmente são afectadas, como por exemplo a industria farmacêutica, o façam é que já me parece que a coisa leva água no bico. Os medicamentos deixaram de ser rentáveis? Os doentes revoltaram-se e atiraram a medicação às malvas? Não creio. Forçosamente terá de ser outra a explicação e, palpita-me, que não deve ser muito clara...

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:49

Mistérios

por Kruzes Kanhoto, em 31.01.09
Mistérios
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:49

Estão todos com medo de atirar a primeira pedra?!

por Kruzes Kanhoto, em 31.01.09

Não me agrada este sentimento latente na sociedade portuguesa de que todos são culpados independentemente de prova em contrário. Mas, ainda assim, acho extraordinária a maneira cuidada como todos os políticos que já foram instados a pronunciarem-se acerca do tema do momento, que envolve o Engenheiro José Sócrates, abordaram o assunto. Não sei se é só impressão minha, mas parece que há ali uma cautela do género de quem está a pôr as barbas de molho…

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:26

Estão todos com medo de atirar a primeira pedra?!

por Kruzes Kanhoto, em 31.01.09
Estão todos com medo de atirar a primeira pedra?!
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:26

Semáforos irritantes

por Kruzes Kanhoto, em 30.01.09

Sou obrigado a passar todos os dias pelos únicos semáforos de Estremoz. Por sinal (!) estrategicamente colocados num local onde a sua missão é deveras importante por permitir a circulação alternada numa das entradas da cidade que, sem eles, seria ponto de permanente conflito de trânsito.

O pior é que cada vez que por lá passo, e passo muitas vezes por dia, apanho invariavelmente o vermelho. Acho até que o gajo que manobra aquela coisa deve ter colocado no meu carro um sensor que denuncia a minha aproximação e activa o sinal de paragem sempre que me aproximo, fazendo com que tenha de esperar um minuto até poder ir à minha vida. E isto acontece nove em cada dez vezes, sendo que na décima acelero que nem um tresloucado para passar enquanto ainda está laranja.

Claro que há sempre companheiros de infortúnio. Alguns, nomeadamente os da frente, ficam tão satisfeitos por ter um lugar tão bom na fila que até hesitam em sair dali. Ou é isso ou são daltónicos.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:40

Semáforos irritantes

por Kruzes Kanhoto, em 30.01.09
Semáforos irritantes
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:40

O sacana

por Kruzes Kanhoto, em 30.01.09

A policia inglesa suspeita que pelo menos um cidadão português, por acaso bastante conhecido, esteja envolvido num escândalo de corrupção. Refira-se que esse cidadão português, bastante conhecido, é um sacana.

Por seu turno, a policia portuguesa suspeita que um cidadão britânico, que se tornou bastante conhecido, esteja envolvido num acto ainda mais reprovável. Saliente-se que, a confirmarem-se as suspeitas, esse cidadão britânico que se tornou bastante conhecido, é ainda mais sacana.

Podíamos trocar um sacana por outro e a coisa ficava resolvida. Mas não me parece boa ideia. Até porque o sacana português, por mais sacana que seja, é o nosso sacana.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:15

O sacana

por Kruzes Kanhoto, em 30.01.09
O sacana
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:15

Autarquicas 2009 - Candidatos animados

por Kruzes Kanhoto, em 29.01.09

Em Estremoz já são conhecidos quase todos os candidatos ao lugar de Presidente da Câmara. Quase, porque a CDU e o Bloco de Esquerda ainda não divulgaram o nome daquele que encabeçará a respectiva lista. Nomes, especialmente no primeiro caso, não têm faltado sem que, no entanto, até à data nenhum tenha obtido confirmação por parte da estrutura local daquela coligação eleitoral.

Tal como outros também eu próprio podia especular e anunciar um candidato. Amanhã, seguramente, seria dado como garantido por metade do eleitorado que me apontaria como fonte mais do que fidedigna para tão importante e esperada noticia. Obviamente não o farei. Contudo, dentro do espírito que norteia – e também suleia – este blogue, estou em condições de garantir que o Neto e o Falâncio, conhecidos homens da luta, estão disponíveis para se apresentar ao eleitorado e que tencionam mesmo fazê-lo. Pelo menos a animação está garantida.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:36

Autarquicas 2009 - Candidatos animados

por Kruzes Kanhoto, em 29.01.09
Autarquicas 2009 - Candidatos animados
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:36

Coincidências

por Kruzes Kanhoto, em 29.01.09

Ao contrário de outros blogues, que muito legitimamente entenderam colocar fotos da miúda e apelos vários ao seu aparecimento, nunca por aqui houve grande destaque ao sumiço da pequena Maddie. Também não vai ser agora, tanto tempo depois, que me vou debruçar sobre o assunto, mas, ainda assim, não posso – poder até podia, mas não quero – deixar de mencionar um rumor, um boato se quiserem ou uma piadola idiota como prefiro chamar-lhe, que dá conta de mais um suposto avistamento da petiza.

Afiançam alguns, vá lá saber-se porquê, que a pequena criatura vagueou em tempos pelo Freeport. Por mim não acredito. Até porque o local tem estado sob mira da polícia inglesa e a sua passagem por lá acabaria, forçosamente, por ser notada. Principalmente se, a acreditar na imaginação delirante de outros, transportasse consigo um saco repleto de notas.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34

Coincidências

por Kruzes Kanhoto, em 29.01.09
Coincidências
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34

Pergunta (completamente) irrelevante do dia.

por Kruzes Kanhoto, em 28.01.09

Será verdade que “alguém” se “esqueceu” de inscrever no Orçamento de Estado para o ano em curso a dotação a transferir para os trezentos oito municípios relativa à percentagem de IRS que lhes cabe nos termos da lei, apesar de essa dotação constar dos mapas anexos ao dito Orçamento?!

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:57

Pergunta (completamente) irrelevante do dia.

por Kruzes Kanhoto, em 28.01.09
Pergunta (completamente) irrelevante do dia.
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:57

Baby boom à portuguesa

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09

À semelhança do que já fazem outras empresas em alguns países também a Canon, no Japão, resolveu mandar os seus empregados mais cedo para casa dois dias por semana. A medida, mesmo que eventualmente tenha alguma coisa a ver com a crise que anda por aí, é justificada pelo conselho dado ao pessoal para aproveitar o tempo livre que lhes é proporcionado para trabalharem na reprodução da espécie.

Este procedimento, embora arrojado, em nada se compara com aquele que os empresários portugueses, como se sabe dotados de uma sensibilidade social e uma visão estratégica absolutamente notáveis, tem vindo a adoptar ao longo dos últimos meses. Ao despedirem muitos milhares de colaboradores, em muitos casos marido e mulher, que consequentemente ficarão em casa e com muito tempo livre, os patrões lusos poderão estar a contribuir para um verdadeiro baby boom. Ao ritmo a que se sucedem os encerramentos, se os trabalhadores despedidos “colaborarem” muito, Portugal terá dentro de pouco tempo uma densidade populacional superior a Gaza. Talvez seja essa a afinidade que o Bloco de Esquerda já está a descortinar...

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:45

Baby boom à portuguesa

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09
Baby boom à portuguesa
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:45

Ana e os amiguinhos

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09

A inenarrável Ana Gomes, aquela senhora com um bom emprego, aspecto estranho, ideias parvas e amigos esquisitos, continua a insistir que Portugal, tal como outros países europeus, deve receber alguns dos prisioneiros de Guatanamo. O pior é que apesar de a ideia ser o que realmente parece – uma estupidez – é bem capaz de ir para diante e todos acabarmos por sustentar mais uns quantos malandrecos.

Após a sua libertação o mais provável é quase todos associarem-se, ou juntarem-se novamente, a redes de terrorismo e continuarem as suas actividades criminosas. Se daí resultarem novos atentados que provoquem mais mortes inocentes, Ana Gomes e todos os que como ela são favoráveis à vinda desta malta para cá deverão ser responsabilizados criminalmente e considerados tão culpados como os seus terroristas de estimação.

Apetece-me terminar com uma sugestão: Que a eurodeputada os leve para casa e viva feliz com eles – todos – para sempre. Mas é melhor não. Nem um taliban por mais terrorista que seja merece tal castigo.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:40

Ana e os amiguinhos

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09
Ana e os amiguinhos
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:40

Gabarolas

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09

Há quem garanta insistentemente que três anos depois da posse do governo de José Sócrates Portugal é um país melhor. Será. Para alguns, não para a generalidade dos portugueses. Todos os indicadores pelos quais habitualmente se mede a qualidade de vida da população estão hoje piores que antes e até mesmo o malfadado deficit em nome do qual se encerrou meio país e devastou as expectativas de quase todos, até esse, provavelmente ficará no final da legislatura em níveis muito próximos daquilo que estava antes.

O pior de tudo e que demonstra cabalmente a estatura moral das elites dirigentes é que são incapazes de reconhecer os seus fracassos, para os quais encontram facilmente culpados, mas não poupam encómios aos seus feitos, por mais anémicos e insignificantes que estes se revelem. Se, quando as coisas correm bem é graças à acção dos governos e a conjuntura não é chamada ao caso, seria bom que quando correm mal não culpassem a crise e assumissem as suas responsabilidades. Mas isso, provavelmente, seria pedir demais. Normalmente apenas os homens honestos o fazem.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:06

Gabarolas

por Kruzes Kanhoto, em 27.01.09
Gabarolas
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:06

A SIC em Estremoz

por Kruzes Kanhoto, em 26.01.09

Ao que parece a SIC vai transmitir na semana que hoje se inicia, no programa "Nós por cá", emitido diariamente entre as dezanove e as vinte horas, uma reportagem realizada em Estremoz. Mais concretamente na Fonte do Imperador.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:43

A SIC em Estremoz

por Kruzes Kanhoto, em 26.01.09
A SIC em Estremoz
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:43

Pontapés na gramática

por Kruzes Kanhoto, em 26.01.09

Várias previsões depois, parece ser agora unânime entre os economistas, políticos de todas as cores, governador do banco de Portugal e pessoas que percebem destas coisas, que o crescimento da economia portuguesa em 2009 vai ser negativo.

Este conceito - crescimento negativo - é algo que me deixa confuso. Porque, no meu dicionário, isso quer dizer diminuição da riqueza produzida no país. Ou que encolhemos. O que vai dar mais ou menos ao mesmo. Portanto afirmar que algo vai crescer negativamente não parece outra coisa senão um valente pontapé na gramática. O que não admira muito porque a malta dos números apresenta um grau extremamente elevado de dificuldade com as palavras, basta ver como não nos consegue convencer relativamente à bondade das previsões, das estatísticas, nem das medidas com que nos vão tramando.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:47

Pontapés na gramática

por Kruzes Kanhoto, em 26.01.09
Pontapés na gramática
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:47

Coisas que me fazem espécie

por Kruzes Kanhoto, em 25.01.09

Ao que parece o novo código do trabalho, recentemente aprovado pelo melhor governo que alguma vez governou Portugal, prevê que parte da remuneração seja paga em espécie. Ora aí está uma coisa que realmente me faz espécie.

Que a um farmacêutico paguem parte do ordenado em comprimidos, a uma empregada de supermercado sejam fornecidos géneros alimentares como contrapartida do seu trabalho ou a um funcionário de um posto de abastecimento forneçam combustível em troco de uma parte do seu salário, ainda se compreende. Já as remunerações auferidas noutros sectores de actividade é que, por mais voltas que dê, não estou a ver como podem ser substituídas. Um coveiro, por exemplo. Quando muito pode ter funeral à borla, mas isso afigura-se mais com um PPR… E um nadador-salvador?! E um politico?! E a um taxista?! E um varredor?! Como se vê tudo questões inquietantes e simultaneamente perturbadoras.

Já se idêntica medida fosse aplicada às prestações sociais seria, isso sim, uma grande ideia. Substitua-se o abono de família por fraldas, livros e game-boys. O Rendimento Social de Inserção por arroz, leite ou feijão carrapato. Bom, neste último caso se calhar seria melhor substituir os géneros alimentares por plasmas ou balas para a metralhadora da família. Os destinatários ficariam seguramente mais satisfeitos.

Quanto a mim, se a medida um dia se me aplicar, estarei preparado para receber o que me queiram dar em troca de uma parcela do meu vencimento e, também, para pagar uma parte significativa dos meus impostos em espécie. Em merda de cão. Que é coisa que não falta nas redondezas.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:25

Coisas que me fazem espécie

por Kruzes Kanhoto, em 25.01.09
Coisas que me fazem espécie
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:25

Xuninng amoroso

por Kruzes Kanhoto, em 24.01.09

O tunning é uma mania que consiste em fazer alterações de carácter mecânico, aerodinâmico ou outras, quase sempre para pior, aos automóveis. Algumas constituem verdadeiras afrontas ao gosto – que nem precisa de ser bom – e transformam carros relativamente jeitosos em aberrações do asfalto completamente insuportáveis.

Do carrito da foto não podemos afirmar que tenha sido vítima de tunning. Tratou-se apenas de um pequeno e amoroso retoque de um dono provavelmente apaixonado. E o amor, como quase todos sabemos, é uma coisa muito linda.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:20

Xuninng amoroso

por Kruzes Kanhoto, em 24.01.09
Xuninng amoroso
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:20

Sócrates e as malucas

por Kruzes Kanhoto, em 23.01.09

O casamento entre pessoas do mesmo sexo vai voltar à agenda política. Pelo menos é o que promete o engenheiro José Sócrates. O que, convenhamos, não é grande garantia.

Embora este não seja um tema consensual na sociedade portuguesa creio que a intenção do nosso primeiro terá uma abrangência muito maior do que numa primeira e superficial analise pode aparentar. Sabe-se que o negócio dos casamentos, desde a sua organização até ao divórcio, movimenta muito dinheiro e representa uma vasta área de negócio que, com o incremento que se espera através do alargamento deste mercado, poderá contribuir para a criação de emprego e consequente geração de mais riqueza.

O homem, génio auto proclamado e idolatrado entre os seus correligionários, a conseguir levar a sua avante, mata dois coelhos de uma só cajadada. Por um lado agrada à esquerda modernaça e, por outro, promove um relativamente importante estimulo à economia. Imagine-se, apenas a título de exemplo, a janela de oportunidades que se abre aos advogados com o aumento de divórcios que se forçosamente irá ocorrer quando as “malucas” se começarem a desentender.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26

Sócrates e as malucas

por Kruzes Kanhoto, em 23.01.09
Sócrates e as malucas
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26

FreePort

por Kruzes Kanhoto, em 23.01.09

Com o aproximar das eleições a história do FreePort, tentando envolver num caso de suposta corrupção algumas pessoas ligadas a um anterior governo, volta a ser noticia. Nada de mais, nem que surpreenda por aí além. Trata-se, afinal, do folclore habitual da política portuguesa.

Agora o que é verdadeiramente surpreendente, é que alguém ouse sequer supor que seja possível um político aceitar dinheiro para decidir, rápida e favoravelmente, acerca do licenciamento de um espaço comercial a implantar numa zona protegida. Lembram-se de cada coisa!

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:41

FreePort

por Kruzes Kanhoto, em 23.01.09
FreePort
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:41

Reinserção musculada

por Kruzes Kanhoto, em 23.01.09

A Associação Académica de Coimbra, num gesto supostamente filantrópico, resolveu oferecer diversos equipamentos para o ginásio da prisão daquela cidade. Provavelmente, todas as instituições privadas de solidariedade social ou de apoio aos mais desfavorecidos da cidade do Mondego estarão devidamente equipadas e não necessitarão de nenhum tipo de auxílio. Mesmo que não estejam, cada um oferece o que quer ou pode a quem muito bem lhe apetecer. E até lhe pode apetecer oferecer coisas ao Estado, que ninguém tem nada a ver com isso.

Não posso, ainda assim, deixar de achar mal. Se, como foi anunciado, a ideia é ajudar na reinserção dos reclusos, podiam ter optado por outro tipo de apoios. Ou um criminoso musculado e em boa forma física reintegra-se melhor na sociedade?! Não me parece. Quando muito assalta com mais violência e foge muito mais depressa. Inquieta-me que meliantes musculados andem por aí a cometer as suas travessuras. É que, a ser assaltado, prefiro que o assaltante seja um lingrinhas a quem possa, sem grande risco, assentar dois tabefes.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:35

Reinserção musculada

por Kruzes Kanhoto, em 23.01.09
Reinserção musculada
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:35

Ele é que é o Presidente da Junta!

por Kruzes Kanhoto, em 22.01.09

No dia da tomada de posse do novo presidente americano um autarca de uma freguesia de um concelho vizinho terá hasteado uma bandeira dos States na sede da Junta de que é Presidente. Obviamente não o devia ter feito. Nem podia. Até porque estas coisas de hastear bandeiras em edifícios públicos têm regras próprias.

O homem terá sido levado por um excesso de entusiasmo e num momento de exaltação de fé em Obama, visto em quase todo o mundo e na White House como uma espécie de Messias dos tempos modernos, terá decido homenagear o seu ídolo momentâneo. Provavelmente também o fará quando o seu clube de eleição vencer o campeonato, o partido merecedor da sua simpatia política ganhar as eleições e, se for o caso, não hesitará em hastear no mastro da Junta as cuecas da sua conquista amorosa mais desejada.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:58

Ele é que é o Presidente da Junta!

por Kruzes Kanhoto, em 22.01.09
Ele é que é o Presidente da Junta!
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:58

Mamocas

por Kruzes Kanhoto, em 22.01.09

Estas são, provavelmente, as mamocas mais famosas de Estremoz. A peça, em mármore, está exposta numa movimentada rua da cidade e a popularidade é tal que, como se pode reparar numa observação mais atenta, tem a zona dos seios bastante mais escura que todo o resto do corpo, possivelmente em resultado de muita “investigação pelo tacto”, efectuada pelos transeuntes, visando analisar mais em pormenor as características da obra.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:56

Mamocas

por Kruzes Kanhoto, em 22.01.09
Mamocas
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:56

Emails para tótós

por Kruzes Kanhoto, em 21.01.09

Se é estranho que algumas pessoas, muitas até, acreditam no que aparecem escrito nos blogues, mais estranho ainda é que acreditem nos e-mails que diariamente circulam anunciando as desgraças mais atrozes e pedindo ajuda para os desgraçados por elas atingidos. Este tipo de mensagens em cadeia, ou corrente, ganham proporções absolutamente extraordinárias face à quantidade de pessoas que as reencaminham para a sua lista de contactos apenas porque acreditam piamente naquilo que uma foto ou texto mais convincente lhes transmite.

É fantástico que quem muitas vezes tem dificuldade em acreditar em algo que lhe é dito por alguém que conhecem há anos, ou com quem convivem diariamente, acredite tão facilmente em mensagens que lhes são enviadas por quem não conhecem de lado nenhum. Quase tão extraordinário como não pararem um só segundo para pensar que podem estar a propagar um vírus informático ou a contribuir para espalhar uma mentira. Haja paciência!

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:15

Emails para tótós

por Kruzes Kanhoto, em 21.01.09
Emails para tótós
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:15

Esperança comovente...ou patética.

por Kruzes Kanhoto, em 20.01.09

É comovente - ou patética, conforme o ponto de vista - a esperança que largos milhões de pessoas, desde o analista político mais esclarecido até ao homem da rua mais ignorante, depositam na presidência de Barack Obama que hoje se inicia. Parecem acreditar que um novo e maravilhoso mundo está agora a nascer onde, de ora em diante, tudo será maravilhosamente belo. Não é difícil achar na internet textos nesse sentido nem encontrar alguém que o afirme cheio de convicção.

Obviamente não será assim. Alguma coisa mudará com certeza nos States mas, quanto ao resto do mundo, as diferenças não serão muitas. Até porque, e isso deve ter posto os cabelos em pé a muitos dos seus apoiantes europeus, o agora novo Presidente já garantiu que a segurança da América e dos americanos constituirá sempre a sua primeira prioridade. Com tudo o que isso significa.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:24

Esperança comovente...ou patética.

por Kruzes Kanhoto, em 20.01.09
Esperança comovente...ou patética.
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:24

A propósito de certas "noticias"...

por Kruzes Kanhoto, em 20.01.09

Acho verdadeiramente espantosa a credibilidade e a importância que alguns atribuem ao que é escrito nos blogues. A afirmação mais disparatada, o comentário mais idiota ou a hipótese mais absurda transformam-se, para certas pessoas, na verdade mais absoluta apenas porque algum blogger num momento de delirante inspiração, ou apenas com vontade de lançar a confusão, se lembra de inventar um qualquer facto ou relatar um acontecimento que nunca teve lugar.

A convicção com que garantem a veracidade daquilo que leram revela uma ingenuidade enternecedora. “Está no blogue do A…” ou do “B…”, acrescento eu para não haver mal-entendidos, reforçam sempre que o interlocutor ousa duvidar daquilo que lhe está a ser transmitido, como se isso constituísse um selo de garantia à prova de qualquer aldrabice.

Um blogue é apenas uma página pessoal, ao jeito de um diário onde o autor vai partilhando com quem o lê o seu estado de espírito, a sua opinião sobre o que entender opinar e vai, em suma, dissertando sobre o que lhe dá na realíssima gana. Algo, portanto, muito diferente de uma fonte noticiosa. Para difundir informação existem os meios de comunicação social e desses sim, espera-se que sejam rigorosos e que nos transmitam aquilo que vai acontecendo à nossa volta.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:51

A propósito de certas "noticias"...

por Kruzes Kanhoto, em 20.01.09
A propósito de certas "noticias"...
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:51

Hóquei dos pequeninos

por Kruzes Kanhoto, em 19.01.09

Neste site há quem esteja ligeiramente aborrecido. Ou, pode dizer-se, vagamente chateado. Mas as coisas são mesmo assim e é bom que desde petizes os atletas se habituem a elas, até porque umas quantas nódoas negras não fazem mal a ninguém. O motivo para tal zanga é um recente jogo de hóquei em patins em que foi interveniente o Estremoz e onde terão ocorrido alguns lances polémicos que podem ser vistos aqui.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:09

Hóquei dos pequeninos

por Kruzes Kanhoto, em 19.01.09
Hóquei dos pequeninos
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:09

Insolências

por Kruzes Kanhoto, em 19.01.09

Quando por alguns estudantes mal-educados foram lançados ovos em direcção à ministra da Educação ou em alguma deslocação o primeiro-ministro é recebido com vaias e apupos, levanta-se um coro de virgens ofendidas, geralmente encabeçadas pelo inenarrável Santos Silva, clamando contra tudo e contra todos. O insolente porta-voz do regime chegou mesmo a anunciar em diversas circunstâncias que estaria a ser posto em causa o regime democrático e a autoridade do Estado.

No sábado, um grupo de marginais atacou à pedrada uma esquadra de polícia. Uma das pedras atingiu mesmo uma agente que teve de receber tratamento hospitalar. Contudo, a isso, o patético ministro disse nada. Os arruaceiros, alguns provavelmente nem deviam estar no país, tiveram toda a liberdade para atacar impunemente instalações do Estado e manifestar o seu desrespeito pela sociedade em que lhes é permitido viver. Julgo que me será licito concluir que apenas estaríamos perante um crime que coloca em causa o regime democrático, se por perto estivesse o Ministro da Administração Interna ou qualquer outro figurão relativamente importante.

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:35

Insolências

por Kruzes Kanhoto, em 19.01.09
Insolências
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:35

Última hora

por Kruzes Kanhoto, em 19.01.09

Aqui no Kruzes Kanhoto também se publicam coisas interessantes. E importantes. Ainda que, umas e outras, muito raramente. É o caso de hoje. Finalmente e em primeira mão, posso anunciar que sei de fonte fidedigna, que não revelarei nem sob tortura, que Jacinto Leite Capelo Rego, conhecido militante de um não menos conhecido partido político, poderá ser candidato a uma junta de freguesia do concelho de Estremoz.

Qual? Bom, não esperam que eu saiba tudo...

Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:54

Última hora

por Kruzes Kanhoto, em 19.01.09
Última hora
Compartilhar no WhatsApp

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:54


Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D